Notícias

Veja abaixo as matérias mais recentes sobre a Novo Nordisk no Brasil.

Para notícias internacionais e outros materiais, como infográficos, fotos e vídeos sobre o diabetes e outras áreas terapêuticas, visite o site global da Novo Nordisk clicando aqui (em inglês).

 

Fevereiro

MIT desenvolve cápsula que substitui injeções de insulina

(Guia da Farmácia - 13/02/2019)

Uma equipe de pesquisa liderada pelo Massachusetts Institute of Technology  (MIT)desenvolveu uma cápsula de medicamento que poderia ser usada para administrar doses orais de insulina, potencialmente substituindo as injeções que as pessoas com diabetes tipo 1 têm de se submeter todos os dias.

Leia a matéria na íntegra aqui

 

Janeiro

Controle o diabetes com a caneta de insulina

(Revista VivaSaúde - 01/01/2019)

"O SUS agora distribui canetas de insulina análoga à humana e com ação ultrarrápida. Sua aplicação é mais fácil e requer poucos passos. A caneta ofertada pelo SUS é produzida no próprio país, na fábrica da Novo Nordisk, localizada na cidade mineira de Montes Claros."

Leia a matéria na íntegra aqui

Arte que envolve a comunidade e o meio ambiente

(Revista Bons Fluidos - 01/01/2019)

"Envolver a comunidade, ensinar arte, gerar oportunidade de renda e reaproveitar o lixo. São essas as marcas do projeto socioambiental NOVOartes, da Novo Nordisk de Montes Claros."

Leia a matéria na íntegra aqui

Grandes farmacêuticas investem em biotecnologia para manter expansão

(Valor Econômico - 16/01/2019)

"Em outros tempos, as companhias de biotecnologia eram insurgentes briguentos, que tentavam sem muito sucesso morder os calcanhares dos grandes laboratórios farmacêuticos. Agora, elas são cada vez mais procuradas por gigantes farmacêuticas interessadas em reforçar suas linhas de desenvolvimento de remédios e pegar atalhos na busca por maiores retornos."

Leia a matéria na íntegra aqui

 

Dezembro

Fábrica brasileira produz pela 1º vez lote de insulina análoga de ação rápida para o SUS

(A Tarde - 01/12/2018)

"É também a primeira vez que o Sistema Único de Saúde disponibilizará insulinas modernas produzidas no Brasil. Em janeiro de 2018, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu à fábrica de insulinas da Novo Nordisk, maior produtora de insulinas do mundo, a autorização para fornecimento do material ao mercado brasileiro. Ao vencer o processo licitatório do Ministério da Saúde para a aquisição das insulinas análogas de ação ultra-rápida, a Novo Nordisk gerou uma economia da ordem de R$ 50 milhões aos cofres públicos."

Leia a matéria na íntegra aqui

Insulina em caneta começa a ser distribuída pelo SUS na Bahia

(Correio - 02/12/2018)
"Trata-se da fábrica da Novo Nordisk, a responsável por produzir a insulina análoga rápida em caneta adquirida pelo Ministério da Saúde que está sendo distribuída, pela primeira vez, gratuitamente pelo SUS. Em janeiro de 2018, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu à fábrica autorização para fornecimento da insulina análoga de ação ultra-rápida – insulina asparte – ao mercado brasileiro. "

Leia a matéria na íntegra aqui


SUS vai disponibilizar insulinas de última geração produzidas no Brasil
(Revista Saúde - 03/12/2018)
"Pela primeira vez na história do país, uma insulina análoga humana de altíssima tecnologia e fabricada totalmente no Brasil será fornecida a pessoas com diabetes por meio do Sistema Único de Saúde. O medicamento, da farmacêutica Novo Nordisk, é o hormônio de ação ultrarrápida e, na rede pública, será destinado a pacientes com o tipo 1 da doença que preencham alguns critérios médicos. Ele já vem embutido em uma caneta para aplicação, dispensando frascos e seringas."

Leia a matéria na íntegra aqui

SUS oferece, pela 1ª vez, caneta de insulina de ação ultrarrápida

(O Tempo - 05/12/2018)

"Pela primeira vez, o Ministério da Saúde vai oferecer, na rede pública de saúde de todo o país, uma caneta de insulina de ação ultrarrápida para pacientes com diabetes tipo 1 - que precisam de injeções diárias de insulina. As canetas de insulina análoga aparte ultrarrápidas, produzidas pela unidade da Novo Nordisk em Montes Claros, no Norte de Minas, devem atender 400 mil pacientes no país, de acordo com o Ministério da Saúde."

Leia a matéria na íntegra aqui

Por que a obesidade é considerada doença crônica?

(Portal Drauzio - 11/12/2018)

"O problema, talvez, comece pela dificuldade em entender que a obesidade é uma doença crônica. Pesquisa recente realizada em vários países mostrou que cerca de 65% dos americanos reconhecem a obesidade como doença, mas apenas 54% dos entrevistados acreditavam que o peso pudesse realmente interferir na saúde. Por enquanto, somente resultados referentes aos Estados Unidos foram disponibilizados pela pesquisa, denominada ACTION IO."

Leia a matéria na íntegra aqui

 

Novembro

Diabetes - como trabalhar essa categoria na farmácia?

(Revista SantaCruz - 01/11/2018)

"Diante desse crescimento, a farmácia precisa estar pronta para receber esses pacientes tanto em termos de atendimento quanto de produtos. Segundo informações da Novo Nordisk, estima-se um mercado para o segmento de R$5,0 bilhões em 5 anos..."

Leia a matéria na íntegra aqui.


Insulina: uma nova geração para controlar ainda melhor o diabetes

(Revista Saúde - 01/11/2018)

"Eis o cenário em que desponta uma nova geração de insulinas associadas, na mesma caneta de aplicação, a outros medicamentos, e destinadas a diabéticos do tipo 2. Basta uma injeção por dia para domar o açúcar no sangue. Cai o número de picadas, caem os efeitos colaterais ligados a elas. São dois novos produtos que inauguram a classe no Brasil, um do laboratório Novo Nordisk, outro da Sanofi."

Leia a matéria na íntegra aqui

Chega a hora da insulinização

(Revista VivaSaúde - 01/11/2018).

"Estudos científicos comprovam que a insulinoterapia é o melhor caminho para minimizar o agravamento dos distúrbios associados ao diabetes.Saiba agora essa nova etapa do tratamento."

Leia a matéria na íntegra aqui

Evoluções necessárias

(Guia da Farmácia - 01/11/2018)

"O tratamento adequado do diabetes envolve diversas ações, como o monitoramento dos índices de glicemia. Dispositivos cada vez mais avançados facilitam este controle."

Leia a matéria na íntegra aqui

Associação de Diabetes oferece medição gratuita de glicemia em SP

(R7 - 13/11/2018)

"A ADJ Diabetes Brasil (Associação de Diabetes Juvenil) oferece nesta terça-feira (13) e quarta-feira (14) medição de glicemia gratuita e informações sobre o diabetes em São Paulo"

Leia a matéria na íntegra aqui

Ação oferece exame de glicemia na Rodoviária do Tietê

(GloboNews - 14/11/2018)

Exame de glicemia realizado pela Novo Nordisk e pela ADJ no Dia Mundial do Diabetes

Veja a reportagem na íntegra aqui

900 mil pessoas devem passar pelos terminais da Capital

(SP1 - 14/11/2018)

Exame de glicemia realizado pela Novo Nordisk e pela ADJ no Dia Mundial do Diabetes

Veja a reportagem na íntegra aqui

Dia Mundial do Diabetes é lembrado na Capital com séries de ações

(SP2 - 14/11/2018)

Exame de glicemia realizado pela Novo Nordisk e pela ADJ no Dia Mundial do Diabetes

Veja a reportagem na íntegra aqui


Estigma e metas muito altas de perda de peso afastam obesos dos médicos

(Folha de S.Paulo - 20/11/2018)

"Não é fácil ser gordo. No trabalho, as pessoas pensam que você não vai ser tão produtivo quanto elas, já que não consegue dar conta nem de gerenciar o próprio corpo; na academia que você não se esforça o suficiente para perder o excesso de peso; amigos e familiares enxergam uma espécie de fraqueza psicológica que impede que você siga regras simples, como comer menos e se mexer mais."

Leia a matéria na íntegra aqui


Campeão da 'Dança dos Famosos' agita Av. Paulista com aula de dança
(Caras - 23/11/2018)
"Campeão da edição passada da Dança dos Famosos ao lado de Maria Joana, o professor Reginaldo Sama animou dezenas de pessoas na Avenida Paulista, em São Paulo, na noite desta quinta-feira, 22. A ação, que faz parte da campanha Saúde Não Se Pesa, é uma iniciativa da Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica) e da empresa de saúde Novo Nordisk pela conscientização da obesidade."

Leia a matéria na íntegra aqui

Reginaldo Sama, da Dança dos Famosos, reúne fãs em aulão em São Paulo
(Contigo - 23/11/2018)
"O professor Reginaldo Sama, da Dança dos Famosos, comandou um aulão de zumba em plena Avenida Paulista, em São Paulo, na noite de quinta-feira, 22. A aula faz parte da campanha Saúde Não Se Pesa, promovida pela Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica) em conjunto com a empresa de saúde global Novo Nordisk, para conscientização sobre obesidade."

Leia a matéria na íntegra aqui

Par de Calabresa na "Dança", Reginaldo Sama dá aulão de zumba na Paulista
(UOL - 23/11/2018)
"O professor Reginaldo Sama, da "Dança dos Famosos", comandou uma aula de zumba na Avenida Paulista, em São Paulo, na noite desta quinta-feira (22) com a presença de vários fãs, que se renderam ao rebolado do coreógrafo. A aula de zumba na Avenida Paulista faz parte da campanha “Saúde Não Se Pesa”, promovida pela Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica)."

Leia a matéria na íntegra aqui


Novo tipo de insulina para pacientes com diabetes tipo 1 é produzido em Montes Claros
(MGTV - 29/11/2018)
Cobertura da visita realizada à fábrica da Novo Nordisk em Montes Claros (MG) para anunciar a produção e o fornecimento de insulinas de ação ultrarrápida para o SUS

Veja a reportagem na íntegra aqui


Insulina brasileira chega ao mercado nacional
(Metro Jornal - 30/11/2018)
"Estão sendo entregues para os pacientes do SUS, desde outubro, as primeiras canetas de aplicação de insulina feitas em produção nacional. Até agora as canetas, que já eram produzidas pela Novo Nordisk em Montes Claros-MG, eram vendidas apenas através de exportação."

Leia a matéria na íntegra aqui

Companhias querem mais espaço para o diálogo

(Valor Econômico - 30/11/2018)
"Ao mesmo tempo em que as empresas multiplicam as iniciativas formais para fomentar a circulação de ideias, boa parte dos profissionais não estão se sentindo à vontade para expressar opiniões e pontos de vista no ambiente de trabalho."

Leia a matéria na íntegra aqui

 

Outubro

Por que o número de pessoas com diabetes cresceu tanto no Brasil?

(UOL - VivaBem 03/10/2018)

"O principal culpado é o ganho de peso. "Estar acima do peso se tornou algo normal. Quando eu era criança, só havia um colega de classe obeso. Hoje, na sala dos meus filhos a maioria é obesa. Isso é perigoso, essa condição está relacionada a diversas doenças, inclusive o diabetes tipo 2", afirma Stephen Gough, ex-professor e líder de grupos de pesquisa sobre diabetes, endocrinologia e metabolismo na Universidade de Oxford (Reino Unido) e diretor médico da Novo Nordisk."

Leia a matéria na íntegra  aqui.

 

Estamos cada vez mais próximos da cura do diabetes?

(UOL - VivaBem 04/10/2018)

"A Novo Nordisk criou, em parceria com a Universidade da Califórnia (EUA), um laboratório para desenvolver culturas de células-tronco justamente para pacientes com diabetes tipo 1. Já com a Universidade Cornell (EUA) foi desenvolvido um dispositivo de encapsulamento que protege as células beta que são transplantadas em pacientes de ataques de seus próprios sistemas imunológicos."

Leia a matéria na íntegra  aqui.

 

Diabetes: praticar exercício físico é tão importante quanto medicamento

(UOL - VivaBem 06/10/2018)

Segundo Marco Petti, diretor médico e chefe de pesquisa clínica da Novo Nordisk, movimentar-se também diminui o tecido gorduroso periférico, que está associado ao aumento da resistência à insulina, ou seja, o controle da doença se torna melhor. 

Leia a matéria na íntegra  aqui.

 

Campanha alerta para os riscos da obesidade

(Metrô News 10/10/2018)

"Para atrair atenção sobre a gravidade da situação e fortalecer o olhar sobre a obesidade enquanto doença crônica, a ABESO (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica), em conjunto com a empresa global de saúde Novo Nordisk, lança a terceira edição da campanha Saúde não se pesa. O movimento está alinhado ao Dia Mundial da Obesidade, 11 de outubro."

Leia a matéria na íntegra  aqui.

 

Saga da insulina de farmacêutica da Dinamarca chega ao fim no Brasil

(Exame 11/10/2018)

"A farmacêutica dinamarquesa Novo Nordisk deverá entregar no final de outubro os primeiros lotes de insulina destinados ao mercado brasileiro feitos na fábrica de Montes Claros, em Minas Gerais."

Leia a matéria na íntegra  aqui.


“Obesidade diminui a expectativa de vida em até 10 anos”, alerta médica

(Diabetic Center 11/10/2018)
"Considerada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) uma doença em epidemia, a obesidade está longe de ser apenas um desafio individual a ser superado – estudos indicam que o excesso de peso já é a segunda maior causa de mortes no mundo."

Leia a matéria na íntegra  aqui.


Brasil é o mercado mais aquecido para remédios contra obesidade

(UOL 31/10/2018)

"A taxa de obesidade disparou na última década no Brasil, que hoje é o maior motor de crescimento dos tratamentos para perda de peso no mundo e o segundo maior mercado do Saxenda, o medicamento líder do setor, da Novo Nordisk. As pessoas engordaram depois que o país se tornou um dos principais alvos das fabricantes de alimentos embalados."

Leia a matéria na íntegra  aqui.

 

Setembro

Entenda como agem os 4 medicamentos para emagrecer aprovados no Brasil 

(UOL - VivaBem 21/09/2018)

"Liraglutida: Atua no organismo da mesma forma que um hormônio chamado GLP-1, naturalmente produzido pelo intestino nas refeições. Esse hormônio reduz o esvaziamento do estômago e sinaliza para o cérebro que estamos alimentados, promovendo saciedade."

Leia a matéria na íntegra  aqui.

 

1500 maiores companhias do Brasil

(O Estado de S.Paulo - Empresas Mais 28/09/2018)

"Novo Nordisk ficou na 15ª posição na categoria 2017"

Leia a matéria na íntegra  aqui.

 

Agosto

Novo Nordisk apresenta Xultophy

(Guia da Farmácia 31/08/2018)
"Xultophy® (insulina degludeca + liraglutida) é uma combinação fixa de insulina basal (degludeca) e do agonista do receptor de GLP-1 (liraglutida) em uma caneta preenchida"

Leia a matéria na íntegra  aqui

 

Anvisa aprova medicamento para Diabetes Tipo 2

(Panorama Farmacêutico 22/08/2018)
"Alternativa terapêutica para diabetes tipo 2 é aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Em testes que avaliaram sua segurança clínica, o Ozempic (semaglutida) apresentou eficácia na redução da hemoglobina glicada (HbA1c), do peso e das complicações cardiovasculares. O medicamento consiste em produto biológico com solução injetável e aplicação semanal."

Leia a matéria na íntegra  aqui

 

Os vencedores do prêmio As Melhores Empresas para Trabalhar 2018

(Época Negócios 13/08/2018)
"Os vencedores do prêmio As Melhores Empresas para Trabalhar 2018 foram revelados nesta segunda-feira (13/08), em uma festa para 1,5 mil pessoas no Espaço das Américas, em São Paulo. Época NEGÓCIOS e o Great Place to Work apresentaram as 150 melhores empresas, divididas entre 80 grandes, 35 médias nacionais e 35 médias multinacionais."

Leia a matéria na íntegra  aqui

 

Os prós e os contras da injeção que promete ajudar no combate à obesidade

(VejaRIO 03/08/2018)

"Um dos caminhos curtos da vez tem forma de caneta, agulha milimétrica na ponta e é carregado de um líquido incolor. Trata-se de uma injeção, autoaplicável, vendida nas farmácias com o nome comercial de Saxenda. Popularizada, e bastante procurada, como aliada das dietas de emagrecimento, a novidade é um remédio, não uma moda — e deve ser encarada como tal, ou seja, a sério."

Leia a matéria na íntegra aqui

Novo Nordisk realiza TakeAction Day em Atibaia

(TV Atibaia 02/08/2018)

"E hoje, em frente a Igreja Cristo Rei, aconteceu a primeira edição do TakeAction em Atibaia, evento com diversas atividades voltadas para a saúde e bem-estar, realizada por voluntários. A ação realizada pela ONG Atados junto com a prefeitura do Município e contou com tenda médica para aferição de pressão, medicação de glicose, orientação de doenças crônicas e muito mais".

Veja a matéria na íntegra aqui.

 

Julho

Congresso nos EUA mostra novidades no tratamento de diabetes

(Bem Estar 09/07/2018)

"E foi exatamente a ideia da corrida, promovida durante o Congresso Internacional de Diabetes. Incentivar a atividade física dos médicos para, assim, estimular os pacientes a mudar o estilo de vida. [...] Na opinião deste representante da indústria farmacêutica, as pessoas têm que entender que diabetes não é simplesmente tomar uma medicação, o estilo de vida é importante também. O tratamento é um complemento para que os pacientes tenham uma vida saudável".

Assista a matéria na íntegra aqui.

 

Xultophy chega às farmácias para tratar diabetes tipo 2

(Diabetic Center 04/07/2018)

"A Novo Nordisk traz ao mercado brasileiro Xultophy, medicamento injetável indicado para adultos com diabetes tipo 2 que não conseguem atingir o controle glicêmico adequado. A nova terapia é uma combinação fixa da insulina degludeca, cujo nome comercial é Tresiba, com o antagonista de GLP-1 liraglutida, cujo nome comercial é Victoza."

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Junho

Farmacêuticas brigam para provar quem tem a melhor insulina

(Folha de S.Paulo 30/06/2018)

"Não à toa, a hipoglicemia foi destaque na edição deste ano do encontro da ADA (Associação Americanas de Diabetes, na sigla em inglês), que aconteceu entre 22 e 26 deste mês. O paciente que usa insulina em geral depende de dois tipos: uma versão rápida, para ajudar o organismo a lidar com o açúcar proveniente da alimentação, e uma lenta, de ação prolongada, que funciona por mais de 12h. Essa última ganhou novas versões nos últimos anos, desenvolvidas por duas empresas: a Sanofi (insulina glargina, com uma nova versão mais concentrada em 2015) e a Novo Nordisk (insulina degludeca, também de 2015). Nesses medicamentos a molécula de insulina foi aumentada e modificada de modo a retardar sua degradação no organismo, prolongando seu efeito."

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Maioria dos pacientes com diabetes tipo 2 não tem controle da doença

(Guia da Farmácia 26/06/2018)

"Aproximadamente 60% das pessoas com diabetes tipo 2 em uso de insulina basal não têm a doença controlada, ou seja, não atingem o nível ideal de açúcar no sangue (hemoglobina glicada menor que 7%). Para entender melhor as razões deste número, a Novo Nordisk realizou um estudo sobre Percepções de Controle (PdC) e diabetes, investigando como médicos e pacientes definem o controle da doença."

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Chega ao Brasil tratamento inovador para diabetes tipo 2

(Diário do Nordeste 25/06/2018)

"Cerca de 70% das pessoas com diabetes tipo 2 em uso de insulina basal não têm a doença controlada, ou seja, não atingem o nível ideal de açúcar no sangue (hemoglobina glaciada menor que 7,0%). Em vista disto, foi lançada, no Brasil, um novo medicamento que trata esses casos de descontrole glicêmico: o Xultophy."

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Novo tratamento para diabetes tipo 2

(O Norte de Minas 21/06/2018)

"Para facilitar a aplicação do medicamento, a Novo Nordisk, empresa com maior instalação de produção de insulina na América Latina, com sede em Montes Claros, apresentou nesta semana o “Xultophy”, medicamento em formato de caneta, que é uma combinação fixa de insulina degludeca e do agonista de GLP-1 liraglutida, já aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e disponível sob prescrição médica para os pacientes brasileiros. A “caneta” visa facilitar a aplicação da substância e o controle da doença por parte dos médicos e pacientes."

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Maio

Exercícios são liberados para os diabéticos(Revista Pense Leve 25/05/2018)

"Ter diabetes não significa ficar fora das práticas esportivas, principalmente porque colocar o corpo em movimento contribui para manter os níveis de açúcar no sangue estáveis e prevenir o tipo 2 da doença. O ciclismo é um exemplo de esporte que pessoas com diabetes tipo 1 e 2 podem praticar. “O paciente deve saber da sua condição em relação à doença, mas também ter a consciência de que a vida pode e deve ser ativa, com a prática dos exercícios físicos e, até mesmo, de esportes de maior resistência”, explica Marina Santorso, gerente médica de diabetes da Novo Nordisk, empresa de inovação e liderança nos cuidados com o diabetes."

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Uma em cada oito pessoas terá diabetes tipo 2 em 2045

(Minha Vida 24/05/2018)
"Uma projeção apresentada nesta semana no Congresso Europeu de Obesidade em Viena (Áustria) aponta que uma em cada cinco pessoas (22%) será obesa em 2045 e uma em cada oito terá diabetes tipo 2, uma doença comumente decorrente do excesso de peso. O pesquisador do instituto Novo Nordisk Research and Development, Alan Moses, explicou durante a apresentação que esses números destacam o desafio que o mundo enfrentará no futuro em termos de quantidade de pessoas que serão obesas e que terão diabetes."

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Casos de obesidade e diabetes 2 avançam e preocupam especialistas

(Correio Braziliense 23/05/2018)
"Em menos de três décadas, um quarto da população mundial terá obesidade e uma em cada oito pessoas sofrerá de diabetes 2. A previsão é de um estudo apresentado ontem pela Universidade College London e pelo Centro de Diabetes Steno, da Fundação Novo Nordisk, no Congresso Europeu de Obesidade, em Viena. De acordo com os autores, esse será o cenário global caso a tendência atual de avanço do excesso de peso se mantenha."

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Droga milagrosa

(Revista Bazaar 01/05/2018)
"Um remédio indicado para o tratamento do diabetes será a nova estrela dos consultórios dos endocrinologistas. A semaglutida - aprovada recentemente pelo FDA, órgão que regula a venda de alimentos e remédios nos Estados Unidos e voltada para o tratamento do diabetes tipo 2 - oferece resultados excelentes também para combater a obesidade em pessoas que não necessariamente sofrem da doença. No mês passado, as primeiras pesquisas com o remédio, do laboratório dinamarquês Novo Nordisk, foram apresentadas durante o congresso da Endocrine Society […] "

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Abril

Hemofilia: condição rara afeta coagulação do sangue e é mais comum entre homens

(Jornal Extra 18/04/2018)
"No Brasil, mais de 11 mil pessoas convivem com a hemofilia, segundo o Ministério da Saúde. Esta condição rara é caracterizada pela dificuldade de coagulação do sangue, causada pela deficiência de fatores de coagulação. Ontem, foi o Dia Mundial da doença. [...] — Hoje fazemos um tratamento profilático. Toda semana os hemofílicos recebem uma reposição do fator deficiente. Assim, é possível evitar as lesões que ocorrem nas articulações causadas pelos sangramentos internos — afirma Gabriel Fagundes, hematologista e gerente médico da Novo Nordisk."

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Remédios emagrecedores: por que são necessários?

(Veja Online 17/04/2018)

"Encontrar os mecanismos que modificam nossos centros de fome e/ou saciedade é o desafio a ser encarado pela sociedade científica. Uma vez definidas as causas é bem provável que consigamos orientar o planeta a evitar os algozes que escangalham com nossas formas, saúde e autoestima. Condenados, porém, se beneficiando da falta definitiva de provas, seguem em liberdade vigiada: açúcar, vários aditivos utilizados em alimentos processados,  agrotóxicos e outras tantas substâncias aceitas como seguras em nosso dia a dia. Uma vez determinado os criminosos, então, os eliminamos, ou ao menos, como fazem os fumantes, decidimos pelo risco ou não." 

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Campanha incentiva hemofílicos a contar histórias de superação

(Vida&Ação 17/04/2018)

"É o que quer mostrar a campanha Histórias que Fortalecem, lançada pela Federação Brasileira de Hemofilia, em parceria com a Novo Nordisk, neste Dia Mundial da Hemofilia (17 de abril). A proposta é apresentar histórias de superação de pessoas que convivem com esta condição, hoje com muito mais recursos do que no passado. O símbolo da campanha este ano é um guarda-chuva vermelho, que recebemos na redação de ViDA & Ação nesta segunda-feira (16). A ação convida a “abri-lo e deixar-se acolher pelas histórias de pessoas que convivem com a doença” – hoje, cerca de 12 mil brasileiros."

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Março

Adesão ao reúso ainda é limitada entre indústrias

(Valor Econômico 23/03/2018)
"A água de reúso pode ser compartilhada por empresas, a exemplo do que ocorre na Dinamarca com o Parque Kalundborg Symbioses, que abriga corporações como a Novo Nordisk, a maior produtora de insulina do mundo; […]"

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

10 companhias com melhor reputação em 2018

(Forbes 16/03/2018)

"Os últimos anos têm sido, no mínimo, tumultuados e, se os líderes mundiais aprenderam alguma coisa nesse período, é que a reputação é algo frágil. Eventos como os resultados da votação do Brexit, a eleição presidencial dos Estados Unidos, a emergência das fake news e o #MeToo realçaram esse aspecto, e, agora, as grandes corporações privadas estão aprendendo a mesma lição. “A bolha da reputação estourou”, diz Stephen Hahn-Griffiths, diretor de pesquisa do Reputation Institute, uma empresa de serviços de medição e gerenciamento de reputações. Desde 2006, o RI publica o “Global RepTrak 100”, um estudo anual da reputação corporativa."

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Entenda a hipoglicemia
(Revista Pense Leve 02/03/2018)
"Uma das principais complicações para quem sofre de diabetes é a hipoglicemia, quadro caracterizado pelo baixo nível de açúcar no sangue. “Para controlar esse sintoma, alguns hábitos devem ser revistos”, afirma Priscilla Mattar, endocrinologista e gerente médica da Novo Nordisk no Brasil."

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

Fevereiro

Remédio contra anonimato

(Meio&Mensagem 26/02/2018)

"Com mais de 90 anos em atuação no mundo - vendas globais de US$ 16,9 bilhões e lucro líquido de US$ 5,8 bilhões em 2017 -, e há 28 no Brasil, a farmacêutica dinamarquesa Novo Nordisk é uma das que enfrentam o desafio de se comunicar em um setor altamente regulado."

Leia a matéria na íntegra aqui.

 

De meditação a regime em pó, onze técnicas em alta para emagrecer

(Veja SP 16/02/2018)

"A Saxenda ficou famosa no tratamento de pessoas bem acima do peso, com problemas como pré-diabetes ou hipertensão. A injeção é à base de liraglutida, uma substância que age no hipotálamo, área do cérebro reguladora da fome. Ela reduz ainda os níveis de açúcar no sangue." 

Leia a matéria na íntegra aqui.