Junho

Doenças cardiovasculares são responsáveis por 80% das mortes de pessoas com diabetes

(Portal IG - 07/06/2019)

De acordo com um levantamento global, realizado em 2018, 80% das mortes de pacientes com diabetes estão relacionadas às doenças cardiovasculares. Ainda segundo a pesquisa, os problemas ligados ao coração lideram as causas de mortes e incapacidades entre pessoas com diabetes tipo 2, tipo mais comum da doença e que aumenta em até quatro vezes a propensão a ataques cardíacos ou AVC (Acidente Vascular Cerebral). Mesmo diante destes números, a pesquisa sugere que o assunto é desconhecido por pacientes e pouco difundido nos consultórios. 

Veja a matéria na íntegra aqui.

 

Semaglutida oral é segura para pacientes cardíacos com diabetes

(Portal Uai - 11/06/2019)

Durante o Congresso Anual da Associação Americana de Diabetes (ADA), em San Francisco (EUA), a Novo Nordisk apresentou um estudo denominado Pionerr 6, que comprova que a semaglutida oral, já realidade em território norte-americano, é segura para pacientes com diabetes tipo 2 e que apresentam alto risco de eventos cardiovasculares. 

Veja a matéria na íntegra aqui.

 

Pesquisa revela o que atrapalha no tratamento da obesidade

(Saúde/Abril - 12/06/2019)

Com diretrizes oficiais de tratamento, a obesidade é um problema crônico descrito na Classificação Internacional de Doenças (CID). Ainda assim, quem está muito acima do peso tem dificuldade de encontrar assistência médica adequada, e pode esperar anos até que encontre ajuda de verdade. Foi o que mostrou um novo estudo observacional, encomendado pela Novo Nordisk, que envolveu cerca de 15 mil pessoas com obesidade e mais de 2,7 mil profissionais de saúde de 11 países. 

Veja a matéria na íntegra aqui.

 

Chega ao Brasil um remédio de ação semanal contra o diabetes 

(Guia da Farmácia – 19/06/2019)

Desde maio, a Novo Nordisk oferece no Brasil a semaglutida, uma nova alternativa que busca solucionar as barreiras enfrentadas pelos pacientes com diabetes tipo 2. A molécula, lançada com o nome comercial Ozempic®, faz parte de uma nova classe de medicamentos que atua em conjunto com dieta e exercícios físicos. Entre todos os análogos de GLP-1 existentes e aprovados para pacientes com DM2, a semaglutida se mostrou como a mais potente no controle glicêmico e perda de peso, com benefícios cardiovasculares. Tudo isso somado a uma aplicação subcutânea semanal, permitindo maior adesão ao tratamento. 

Veja a matéria na íntegra aqui .

 

Diabetes eleva risco de doenças cardiovasculares

(Jornal da Band – 21/06/2019)

Durante o 40Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP), em São Paulo, a Novo Nordisk lançou a campanha "Quem Vê Diabetes Vê Coração", iniciativa que esclarece impressões sobre o diabetes tipo 2 e alerta pacientes e médicos sobre a relação da doença com o sistema cardiovascular. Somente no Brasil, são mais de 12 milhões de brasileiros vivendo atualmente com diabetes, sendo o tipo 2, manifestação mais comum da doença e comumente associado à amputação, cegueira e complicações renais, aquele que aumenta em até quatro vezes a propensão a ataques cardíacos e derrames cerebrais. 

Veja a matéria na íntegra aqui.

 

Pacientes com diabetes encaram atividade física como tratamento para a doença

(Correio da Bahia – 23/06/2019)

Pesquisas apontam que mais de 70% das pessoas com diabetes tipo 2 não seguem o tratamento à risca. Confira histórias de pessoas que não apenas seguem os cuidados médicos, como também aliam a uma rotina saudável e equilibrada para o controle e diminuição dos riscos da doença. 

Veja a matéria na íntegra aqui.

 

Alimentação saudável é tema de 4º episódio da websérie Glica Melito

(Portal Conasems – 13/05/2019)

O quarto episódio da websérie Glica Melito explicou sobre os hábitos alimentares para pessoas com diabetes tipo 1. Neste episódio, Glica explica a importância de manter uma alimentação saudável e balanceada. A personagem mostra que não existem restrições, porém é necessário sempre priorizar uma rotina de hábitos controlados e dar preferência para alimentos não processados. 

Veja a matéria na íntegra aqui.

 

Maio

Sem exercício, o músculo de que tem obesidade não se renova como deveria

(VivaBem/UOL - 01/05/2019)

"Antes mesmo de o outono terminar, o seu braço já não será o mesmo. A não ser que algo dê muito errado, ele terá um bíceps novinho em folha. Não, não estou falando de nenhum novo método para conquistar uma boa forma física. Isso que estou contando é pura biologia. Todo santo dia, de 1% a 2% das proteínas dos seus músculos esqueléticos devem ser quebradas e, depois, imediatamente substituídas. Portanto, em menos de dois meses seu corpo conta com uma musculatura completamente zero-quilômetro".

Confira aqui o artigo da jornalista Lúcia Helena, que cobriu o Congresso Europeu de Obesidade a convite da Novo Nordisk. 

 

Amamentação reduz risco de obesidade para a criança, afirma estudo da OMS 

(Correio Braziliense - 01/05/2019)

"Com uma epidemia mundial de obesidade em curva ascendente, pesquisadores tentam identificar medidas protetoras eficazes, especialmente para crianças. Ainda não há opções medicamentosas nem cirúrgicas voltadas aos pequenos, embora eles também estejam suscetíveis às comorbidades desse mal. A amamentação é uma ferramenta poderosa nesse sentido, segundo um estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgado no Congresso Europeu de Obesidade, na Escócia. Segundo os especialistas que fizeram o trabalho, alimentar bebês com leite materno pode prevenir o excesso de peso em longo prazo".

Confira aqui o artigo da jornalista Paloma Oliveto, que cobriu o Congresso Europeu de Obesidade a convite da Novo Nordisk. 

 

Quando você come talvez importe tanto quanto o que você come

(VivaBem/UOL – 02/05/2019)

"Durante uma vida inteira, ouvi dizer que a gente precisava prestar atenção naquilo que comia. Mas será que se eu pusesse no prato uma bela salada, uma porção de peixe regada com um fio de puríssimo azeite, tudo acompanhado de algum cereal integral, faria a mínima diferença saborear minha refeição a uma horinha a mais ou a menos?"

Confira aqui o artigo da jornalista Lúcia Helena, que cobriu o Congresso Europeu de Obesidade a convite da Novo Nordisk. 

 

Novo Nordisk anuncia metas para atingir impacto ambiental zero 

(Panorama Farmacêutico – 02/05/2019)

Com mais de 95 anos de liderança no tratamento do diabetes, a Novo Nordisk anunciou que atingirá sua meta, estabelecida em 2015, de utilizar apenas energia elétrica renovável em todas as plantas industriais até 2020. Dentre os objetivos sustentáveis da empresa de saúde, voltada também para o tratamento de obesidade, hemofilia, distúrbios do crescimento e outras doenças crônicas, está a meta de alcançar zero emissões de CO2 em todas as suas operações e meios de transporte até 2030. 

Veja a matéria na íntegra aqui

 

Desinformação sobre obesidade atrasa em seis anos a busca por tratamento

(Correio Braziliense – 05/05/2019)

"Em 1994, a identificação de um gene associado ao excesso de gordura em camundongos abriu caminho para se rediscutir um problema que afeta, hoje, 650 milhões de pessoas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Se uma variação genética favorecia o ganho de peso, o combate a esse problema não poderia se reduzir à velha fórmula "fechar a boca e malhar". Desde então, foram localizados mais de 300 polimorfismos de nucleotídeo único - quando uma letra da sequência do DNA sofre alteração - relacionados ao índice de massa corporal (IMC) acima do considerado saudável". 

Confira aqui o artigo da jornalista Paloma Oliveto, que cobriu o Congresso Europeu de Obesidade a convite da Novo Nordisk.

 

Projeto social ensina arte com materiais recicláveis dentro de fábrica em Montes Claros

(G1 – 10/05/2019)

Um projeto social desenvolvido na fábrica de insulinas da Novo Nordisk, em Montes Claros (MG), tem modificado a vida das pessoas. Como forma de destinar de maneira sustentável os resíduos da produção, o projeto NovoArtes capacita alunos para o mundo das artes desde o ano de 2006. Cerca de 400 pessoas já se formaram por meio das aulas dentro do projeto. Neste período, também foram reaproveitadas 80 toneladas de lixo durante os cursos.

Veja a matéria na íntegra aqui.

 

Estudo aponta alternativas para reduzir hipoglicemia no diabetes tipo 1 e 2

(Revista da Farmácia – 13/05/2019)

Em março, durante o Diabetes UK Professional 2019, em Liverpool, no Reino Unido, foi apresentado um estudo chamado ReFLeCT, que buscava avaliar a taxa de hipoglicemia - nível baixo de açúcar no sangue - causada por diabetes mellitus tipo 1 e 2. Por meio da avaliação de 1.177 pacientes em sete países europeus, chegou-se à conclusão que aqueles com diabetes tipo 1 e 2 que trocaram suas insulinas basais pela insulina degludeca, comercialmente chamada Tresiba®, conseguiram controlar mais o índice glicêmico, o que ajudou na redução de taxas de hipoglicemias gerais, noturnas e graves. Além disso, houve ainda uma redução adicional da hemoglobina glicada e da glicemia de jejum.

Veja a matéria na íntegra aqui.

 

Março

Campanha "Saúde Não Se Pesa" oferece ações gratuitas com foco na saúde da mulher

(Bem Estar/Globo - 08/03/2019)

Uma a cada quatro mulheres acima de 20 anos apresentam sobrepeso. Pensando nisso, no dia 08/03, o Programa Bem Estar, da Rede Globo, destacou a campanha "Saúde Não Se Pesa", fruto de uma parceria entre a Novo Nordisk e a Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica). Totalmente gratuita, a ação se estendeu até o dia 10 de março, no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo, com exames de bioimpedância e acompanhamento com nutricionistas. 

Veja a matéria na íntegra aqui.

 

Fevereiro

MIT desenvolve cápsula que substitui injeções de insulina

(Guia da Farmácia - 13/02/2019)

Uma equipe de pesquisa liderada pelo Massachusetts Institute of Technology  (MIT)desenvolveu uma cápsula de medicamento que poderia ser usada para administrar doses orais de insulina, potencialmente substituindo as injeções que as pessoas com diabetes tipo 1 têm de se submeter todos os dias.

Leia a matéria na íntegra aqui

 

Janeiro

Controle o diabetes com a caneta de insulina

(Revista VivaSaúde - 01/01/2019)

"O SUS agora distribui canetas de insulina análoga à humana e com ação ultrarrápida. Sua aplicação é mais fácil e requer poucos passos. A caneta ofertada pelo SUS é produzida no próprio país, na fábrica da Novo Nordisk, localizada na cidade mineira de Montes Claros."

Leia a matéria na íntegra aqui

 

Arte que envolve a comunidade e o meio ambiente

(Revista Bons Fluidos - 01/01/2019)

"Envolver a comunidade, ensinar arte, gerar oportunidade de renda e reaproveitar o lixo. São essas as marcas do projeto socioambiental NOVOartes, da Novo Nordisk de Montes Claros."

Leia a matéria na íntegra aqui

 

Grandes farmacêuticas investem em biotecnologia para manter expansão

(Valor Econômico - 16/01/2019)

"Em outros tempos, as companhias de biotecnologia eram insurgentes briguentos, que tentavam sem muito sucesso morder os calcanhares dos grandes laboratórios farmacêuticos. Agora, elas são cada vez mais procuradas por gigantes farmacêuticas interessadas em reforçar suas linhas de desenvolvimento de remédios e pegar atalhos na busca por maiores retornos."

Leia a matéria na íntegra aqui