Os desafios ambientais nunca foram tão críticos ou mais urgentes do que hoje.

A industrialização, a urbanização e o consumo crescente ameaçam não só a sustentabilidade do meio ambiente em que vivemos, mas também a saúde das pessoas ao redor do mundo.

Todos os anos usamos bilhões de litros de água, além de grandes quantidades de energia e recursos, para fabricar medicamentos. Nossas emissões de CO2 continuam a subir, especialmente por conta da transportação.

Distribuímos centenas de milhões de frascos e canetas de injeção para as pessoas que precisam deles – e a demanda por nossos tratamentos que salvam vidas está crescendo. Nossos produtos são feitos de materiais de alta qualidade, mas, após o uso, a maioria deles acaba em aterro sanitário.

Isso nos coloca na linha de frente de algumas das maiores questões ambientais: mudanças climáticas, poluição, resíduos plásticos, escassez de água e recursos.

Para liderar o caminho e estar na vanguarda da mudança, adotamos uma abordagem ousada e ampla em toda a empresa.

Adotamos uma nova estratégia ambiental que busca causar zero impacto no meio ambiente.

Nossa estratégia nos desafia a encontrar novas formas de projetar produtos, para que possam ser reciclados ou reutilizados, além de remodelar nossos negócios para minimizar o consumo e o desperdício, sempre trabalhando com fornecedores que têm o mesmo objetivo.

Já estamos dando os primeiros passos para o impacto ambiental zero. Mas estamos sempre procurando novas maneiras de fazer mais. Acreditamos que as respostas virão à medida que formos direcionando cada vez mais nossos negócios a uma mentalidade circular que manterá nossos produtos e materiais em uso.

Cities Changing Diabetes Copenhagen

As cidades são oportunidades para vencermos a luta contra as mudanças climáticas e o diabetes tipo 2. Nas grandes cidades, existem padrões de comportamentos humanos que exacerbam o aquecimento global e incentivam o aumento das taxas de doenças.

Hoje, estamos trabalhando com parceiros em 25 grandes cidades ao redor do mundo.

Essas parcerias fazem parte do programa Cidades Mudando o Diabetes. Desde 2015, as cidades do programa se tornaram um movimento social próprio, mobilizando múltiplas partes interessadas no esforço para enfrentar as questões crescentes de diabetes tipo 2 e de construção de ambientes mais saudáveis.

Leia mais sobre como estamos melhorando a saúde urbana e o bem-estar.